Planejamento estratégico para desenvolvimento do Parque Tecnológico Aberto de Santa Rita do Sapucaí

Estudo feito pelo Sebrae Minas e a Sindvel será apresentado nesta terça-feira (23/11), com transmissão ao vivo pelo Youtube.

Considerado berço da inovação em Minas Gerais, Santa Rita do Sapucaí continua em busca de mais desenvolvimento. Após quase cinco meses de estudos e pesquisas, foi finalizado o planejamento estratégico do Parque Tecnológico Aberto de Santa Rita do Sapucaí, que será apresentado no dia 23 de novembro, terça-feira, às 17h. O evento acontece no Prointec (av. Francisco Andrade Ribeiro, 543 – Família Andrade) e terá transmissão ao vivo pelo canal da Prefeitura no YouTube.

O projeto – realizado pelo Sebrae Minas em parceria com o Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica (Sindvel)- tem o objetivo de estruturar e ampliar o parque tecnológico, por meio do fortalecimento do setor industrial e dos demais integrantes da cadeia produtiva (escolas, universidades e governos).

“O planejamento contribuirá para a elaboração de ações a curto, médio e longo prazo, que atendam as demandas dos negócios locais, considerando a sustentabilidade, a transformação digital e a capacitação”, comenta a analista do Sebrae Minas Myrian Sousa.

Ainda de acordo com Myrian, o projeto também vai impactar o desenvolvimento econômico da região, com estímulo à pesquisa e à inovação, ao aumento das exportações e à atração de novos investimentos.

Contratado pelo Sebrae Minas, o consultor e especialista em Política Internacional e Desenvolvimento Econômico do Território, Emílio Beltrami, participa do evento desta terça-feira e fará a apresentação do planejamento proposto.

“Entre os principais resultados já alcançados, podemos destacar a identificação das potencialidades e das demandas do parque, além do aumento da competitividade e da capacidade de transferência de tecnologias”, explica o consultor.

Após o evento, o documento com a descrição do plano de ações será oficialmente entregue à prefeitura de Santa Rita do Sapucaí.

“Ao recebermos o certificado de reconhecimento do Parque Tecnológico Aberto de Santa Rita do Sapucaí das mãos do governador Romeu Zema, em janeiro deste ano, consolidamos a história de empreendedorismo e inovação que caracterizam o Vale da Eletrônica desde o seu lançamento à criação da Associação Industrial, em 1986. Ao longo dos anos, fomos evoluindo e passamos a integrar o cenário de polos de tecnologia, sendo também formalmente reconhecidos como um Arranjo Produtivo Local de Eletroeletrônica. Temos a certeza de que estamos, mais uma vez, no caminho certo, e queremos estar preparados para os desafios e as oportunidades que virão”, afirma Roberto de Souza Pinto, presidente da Associação Industrial/Sindvel.

Vale da Eletrônica em números

Santa Rita do Sapucaí se tornou o ‘Vale da Eletrônica’ a partir da década de 80, quando a cidade abrigava 17 indústrias. Atualmente, são 160 indústrias de base tecnológica, 7 mil postos de trabalho (diretos e indiretos), mais de 14 produtos eletrônicos, 31 startups em fase de incubação, três incubadoras, um Condomínio Municipal de Empresas, três distritos industriais, quatro instituições de ensino e pesquisa e 11 cursos técnicos, além de um faturamento anual estimado em R$ 3,2 bilhões.

Fonte:

Assessoria de Imprensa SEBRAE-MG | Prefácio Comunicação

Juliana Campos Silva – (35) 99204-0098

juliana@prefacio.com.br