COMUNICADO – 22.07.2021
VACINAÇÃO COVID NAS INDÚSTRIAS

Conforme publicamente comunicado à população em geral, o SINDVEL se dispôs a ajudar a Secretaria Municipal de Saúde e as indústrias para a vacinação da COVID-19, recebendo e repassando as listas de funcionários para a Secretaria.
Ontem, dia 21 de julho, às 14 horas, o Presidente do SINDVEL, Roberto de Souza Pinto, reuniu-se com a Secretária Municipal de Saúde, Rosé Bueno, e equipe, para esclarecimento de pontos importantes sobre a vacinação dos industriários.
Seguem informações da Secretaria Municipal de Saúde, os critérios de vacinação, a relação de indústrias já atendidas e um conjunto de perguntas e respostas com orientações sobre a vacinação:

1. O município de Santa Rita do Sapucaí está seguindo, rigorosamente, os protocolos de aplicação da vacina estabelecidos pelo Governo do Estado e Ministério da Saúde

2. A Secretaria Municipal de Saúde não é informada com antecedência sobre a chegada de novas doses, quantas doses virão e muito menos qual a marca da vacina que virá. As remessas são decididas pela Secretaria de Estado de acordo com os lotes disponíveis.

3. Das vacinas recebidas pelo município, 30% ( trinta porcento ) são destinadas a todos os grupos prioritários, incluindo os industriários. 70% ( setenta porcento ) são destinadas à população em geral ( faixas etárias ). As vacinas já vem separadas de acordo com os grupos, o município não separa as doses, elas já vem separadas.

4. Não existe nenhuma possibilidade de agendar com antecedência, junto à Secretaria de Saúde, a vacinação na empresa. A reação à vacina varia de pessoa para pessoa.

5. A empresa não pode pedir marca x ou y de vacina. Sempre será aplicada a vacina que estiver disponível na semana.

6. As indústrias estão sendo atendidas apenas pelo CNAE primário de indústria. Outros CNAEs não estão sendo aceitos. Esta é uma determinação do Estado, não do município.

7. Gestantes e puérperas estão sendo vacinadas como grupo prioritário, não precisam esperar a vacinação na indústria, podem ir direto ao PSF/ESF de referência.

8. Se o funcionário for chamado para vacinar por idade, ele deve ir e não perder a oportunidade. O que não pode é tomar vacina repetida, isto pode gerar uma penalidade legal para a pessoa.

9. A responsabilidade pelas informações contidas nas listas é da empresa que as fornece. As vacinas estão sendo liberadas somente para industriários mediante comprovação por contrato de trabalho.

10. O funcionário de outra cidade que tomar a primeira dose na sua cidade de origem deverá aguardar a segunda dose também na sua cidade de origem, pois ela já estará reservada para ele.

11. Não há necessidade de ligar ou mandar email todos os dias, com a listagem, para a Secretaria.

12. Estão previstas para Santa Rita do Sapucaí ( CNAE Primário de Indústria ) 6.102 doses. O SINDVEL está levando esta informação ao conhecimento da FIEMG, com a expectativa de aumentar o quantitativo de doses.

13. O critério de vacinação continuará sendo o de indústrias maiores primeiro ( volume de imunização maior ), e depois as menores. Sobrando doses nas indústrias maiores, são atendidas indústrias que tenham o número de funcionários correspondente à sobra de doses.

14. Não há nenhuma intervenção do SINDVEL em relação à ordem de empresas atendidas. A gestão da vacinação é de responsabilidade única e exclusiva da Secretaria Municipal de Saúde, que se orienta por critérios técnicos, segundo os protocolos oficiais do estado e do País.

Comentários finais:

a. As pessoas que estão se manifestando nas redes sociais, dizendo que existem irregularidades no processo de vacinação, tanto pela Secretaria Municipal de Saúde quanto pelo SINDVEL, deverão comprovar suas alegações, encaminhando as respectivas provas ao SINDVEL, para que sejam entregues às autoridades competentes.

b. O diretor da empresa é o responsável legal pela lista de funcionários e poderá responder pela inclusão de pessoas não ligadas diretamente ao CNAE Indústria, por contrato de trabalho.

Santa Rita do Sapucaí, 22 de julho de 2021.