Termina a edição 2019 do Projeto Comprador Radiodifusão

Aconteceu entre os dias 26 a 30 de agosto o Projeto Comprador Radiodifusão 2019. Realizado pelo SINDVEL em parceria com a APEX-BRASIL, o PS Eletroeletrônicos Brasil convidou potenciais compradores do Paraguai e do Peru para virem ao Brasil conhecer suas empresas associadas. Participaram do Projeto Washington Curbelo, da Manpizzo Solutions, Benardo Jaime Mosso Alarcon, da Servisat, Marco Maesato, da Cia. Peruana de Radiodifusion – America TV, Emilio González, da Telefuturo e Hector Daniel Gimenez, da Televisión Cerro Córa S.A.

No primeiro dia de evento foi realizada uma rodada de negócios no Expo Center Norte, local onde aconteceu a Feira SET EXPO 2019, a maior feira de tecnologia e negócios de mídia e entretenimento da américa latina realizada em São Paulo. Participaram da rodada os compradores estrangeiros e as empresas associadas ao Projeto Eletroeletrônicos Brasil No segundo dia, 27, os compradores tiveram a oportunidade de conhecer a feira SET e os estandes das empresas associadas ao Projeto, Mirakulo, Snews, Playlist, Media Portal, EiTV, Voice Interaction, TSDA e Showcase.

Nos dias 28 e 29, a comitiva visitou o Inatel – Instituto Nacional de Telecomunicações e as empresas Biquad Tecnologia, Hitachi Kokusai Linear, Proeletronic Equipments e Ideal Antenas Profissionais, todas fabricantes de produtos para o setor de Radiodifusão. As visitas foram uma excelente oportunidade para mostrar aos potenciais compradores estrangeiros a tecnologia que é produzida no Brasil.

Na visão da gerente do PS Eletroeletrônicos Brasil, Daniela Saccardo, “o Projeto Comprador é uma das ações mais efetivas dentro do Projeto Setorial Eletroeletrônicos Brasil. Trazer os compradores para visitar as fábricas das empresas brasileiras não só difunde conhecimento sobre os produtos e tecnologias nacionais como também aumenta a confiança dos clientes em seus futuros fornecedores/parceiros.”

A ação encerra-se com negócios realizados na ordem de US$ 8.000 dólares e previsão de negócios futuros na ordem de US$ 1,5 milhão de dólares para os próximos 12 meses. Os compradores levaram consigo diversas amostras dos produtos brasileiros.

Fonte: ASCOM SINDVEL