SINDVEL fica na segunda colocação no prêmio “Melhores Práticas Sindicais”

No dia 07 de novembro, o SINDVEL, Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica, ficou com a segunda colocação no prêmio ‘Melhores Práticas Sindicais’, criada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP, na categoria Modernização Sindical.

Visando reconhecer e promover as melhores práticas realizadas pelos sindicatos empresariais, o prêmio tem como principal objetivo incentivar a troca de experiências entre as entidades e gerar visibilidade com a divulgação dos projetos executados, além de buscar o fortalecimento e aumento do associativismo. Na sua quinta edição, a premiação contou com a participação das federações das indústrias de Minas Gerais (FIEMG), Rio de Janeiro (FIRJAN) e Santa Catarina (FIESC).

No ano de 2019, a 5ª Edição do Prêmio “Melhores Práticas Sindicais” premiou às melhores propostas sindicais nas categorias Comunicação, ou seja, ações de comunicação e de mobilização, programas, ferramentas e iniciativas inovadoras que fortaleçam o relacionamento do sindicato com as indústrias filiadas, na categoria Defesa Setorial, através das ações desenvolvidas pelos sindicatos em defesa do setor ou de uma região, visando aumentar a competitividade e a produtividade das indústrias e na categoria Modernização Sindical, que premia os melhores programas e ações que o sindicato têm realizado em prol da sustentabilidade sindical, para seu fortalecimento e longevidade.

Para o presidente do SINDVEL, Roberto de Souza Pinto, representar a entidade na solenidade de premiação é muito importante para o Vale da Eletrônica. Segundo ele, “motiva a equipe operacional do sindicato para a melhoria constante das suas ações, além da oportunidade de ter acesso em mais de 50 ações dos outros sindicatos que concorreram, como um case de sucesso. Disto, tira-se muito conhecimento e experiências diversas, que poderão ser implantadas no nosso segmento”.

Roberto de Souza Pinto, Vice-Presidente da FIEMG, representou o presidente, Flávio Roscoe Nogueira na solenidade. Em seu pronunciamento, representando as indústrias de Minas Gerais e os sindicatos que lá estavam, mostrou a grandiosidade de estado e sua diversidade industrial. Roberto declarou sua satisfação em ter Minas Gerais ao lado dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina neste projeto e confirmou a continuidade na participação par aos próximos anos.