Empresários do Vale da Eletrônica visitam feira em Taiwan

Entre os dias 9 e 12 de outubro, o Vale da Eletrônica esteve presente na Taitronics, Feira Internacional de Eletrônicos de Taipei realizada na Nangang Exhibition Hall, em Taiwan e organizada pelo Taitra, órgão semi governamental de promoção do comércio bilateral entre Taiwan e Brasil. Inúmeros negócios foram iniciados entre empresários taiwaneses e de Santa Rita do Sapucaí durante a feira, desde o fornecimento de componentes eletrônicos, como partes e peças até propostas de empresas que demostraram interesse em estabelecer parcerias e produzir produtos junto às empresas do Vale da Eletrônica.

A ideia dos empresários de Taiwan é produzir em Santa Rita do Sapucaí para atender o mercado brasileiro e da América do Sul. Contudo, apesar de ter havido inúmeras reuniões e visitações, duas empresas estão aguardando os resultados finais das eleições no Brasil para dar andamento às parcerias. Os empresários taiwaneses têm ciência do potencial do mercado brasileiro, porém as notícias que têm acompanhado sobre o país fizeram com que eles recuassem o investimento até então. Todos os investimentos no Brasil, em diversos segmentos da indústria, dependem dos resultados das eleições presidenciais.

No segmento de eletroeletrônicos da feira, a comitiva de Santa Rita do Sapucaí se reuniu com empresas âncoras de produtos para indústria 4.0, cidades inteligentes, IoT, componentes automotivos, soluções em OEM/ODM e CKD/SKD. Houve também, empresas com interesse no investimento em laboratórios e centros de pesquisa junto às instituições acadêmicas do Vale da Eletrônica.

Segundo o presidente do Sindvel, Roberto de Souza Pinto, “o Vale da Eletrônica possui uma semelhança muito natural com Taiwan, pois ela é uma pequena ilha do planeta que se desenvolveu tecnologicamente, transformando-se em um polo exportador de referência mundial, produzindo produtos de valor agregado e competindo com os poderosos tigres asiáticos. ” Ainda segundo Roberto, “quando uma empresa do mundo está em negociação com outra de Taiwan, ela na verdade está negociando com o polo tecnológico e não com uma empresa isolada. O Taitra, entidade que apoia o desenvolvimento econômico, tecnológico e comercial das indústrias do setor realiza um importante trabalho no país”, completa.

Com base nesta análise, a comitiva do Vale da Eletrônica que esteve presente na feira chegou à conclusão de que este é o caminho que as empresas e o Sindvel precisam seguir, visando sempre a tecnologia, valor agregado e aplicação dos produtos, pois o investidor estrangeiro não quer arriscar sem ao menos ser pautado no mercado com segurança jurídica e comercial antes de realizar qualquer pesquisa ou projeto.

No caso do Sindvel (Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica), “deve-se acompanhar a visão do Taitra no que diz respeito a apoio e desenvolvimento para as empresas. ” analisa Roberto de Souza Pinto, presidente da entidade.

Logo após a feira, durante uma visita a uma grande indústria em Taiwan, os empresários de Santa Rita do Sapucaí encontraram-se, coincidentemente, com o Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação Maximiliano Martinhão e sua comitiva. Maximiliano é ex-aluno do Inatel e declarou ter um grande carinho pelo Vale da Eletrônica.