Empresários do Vale da Eletrônica participam da maior feira de softwares da Índia

Objetivo da missão é fechar parceria de negócios para reduzir em 80% o valor do desenvolvimento de novos produtos e tecnologias e também ganhar novos mercados; Índia Soft acontece entre os dias 02 e 04 de março, em Mumbai. 

O Sindicato das Indústrias de Aparelhos Elétricos, Eletrônicos e Similares do Vale da Eletrônica (SINDVEL) promove entre os dias 02 a 04 de março uma missão para Mumbai, com 12 empresas do polo, para a Índia Soft, a maior feira de softwares e aplicativos da Índia.

O objetivo das indústrias do Vale, localizado em Santa Rita do Sapucaí, é conhecer as novas tecnologias de softwares voltados para segurança, navegação de alta precisão e aplicativos variados dos principais mercados do mundo, além de gerar prospecção de fornecedores e estabelecer melhores condições na negociação, tendo em vista que o país asiático é uma grande referência no circuito mundial de TI.

Entre os principais atrativos comerciais da Índia estão a criação de softwares e aplicativos, a excelência na prestação de serviços e o alto nível acadêmico no segmento.

A missão para feira foi um convite do cônsul-geral da Índia de Minas Gerais, Elson de Barros Gomes Júnior, que, juntamente com o SINDVEL, organizou uma agenda extensa com rodadas de negócio entre as empresas do Vale da Eletrônica e as indianas. De acordo com o presidente do Sindicato, Roberto de Souza Pinto, os empresários do Vale vão a feira para conhecer os softwares produzidos na Índia a fim de utilizar os produtos na transformação de hardwares brasileiros em sistemas com novas aplicações, atendendo novos nichos de mercado e ampliando os negócios de Santa Rita do Sapucaí.

“O mais importante nessa negociação é que poderemos reduzir 18 meses de projetos para apenas 60 dias, colocando no mercado um produto já testado e maduro, pronto para ser utilizado. Também podemos usufruir da parceria na venda do produto, onde os custos de investimentos para desenvolvimento são reduzidos em até 80%, tanto para o brasileiro quanto para os indianos. Na crise que estamos passando, este seria um ótimo modelo pra ambas partes e, dando certo, poderemos aplicar também em outros setores, levando novos produtos e tecnologia a outros continentes”, reforça.

Segundo o coordenador da missão e engenheiro de telecomunicações da Denki Equipamentos Eletroeletrônicos Ltda, Pedro Luiz Koscak, a viagem será uma excelente oportunidade para conhecer futuros fornecedores e seus produtos, além da troca de experiências “Todas as missões realizadas pelo SINDVEL são muito importantes para as empresas participantes. Nessa, em especial, vamos visitar uma feira com mais de 200 expositores com expertise e sinergia para fazer bons negócios. Além disso, teremos a chance de experimentar os softwares, analisando assim sua qualidade técnica e também competitividade”, explica.

Durante a missão, o SINDVEL também pretende se reunir com entidades empresariais locais, consulado e embaixada brasileiros, a fim de estreitar o relacionamento e buscar melhores condições de mercado.

Fonte: ASCOM / SINDVEL